16 de outubro de 2011

PENSAMENTOS BEM PENSADOS VII

Imagem em rouxinoldejardim.blogspot.com.

Com a continuação da publicação destes pensamentos bem pensados, pode ser que um dia eu chegue ao humor do Barão de Itararé, à profundidade do Marquês de Maricá e à conta bancária do Mago Paulo Coelho. Nunca se sabe, não é mesmo? Até internado em manicômio este último esteve. Por isso, creio piamente que tudo seja possível. Ninguém sabe das armadilhas da vida, nem o vidente em maior evidência no momento.
Então, sem mais delongas, aí vão os novos pensamentos.
1. Se eu fosse dizer tudo de positivo que penso, praticamente daria quase uma folha em branco.
2. Cavalo que muito escoiceia perde o rumo da marcha.
3. Pai de santo sem convênio com os poderes celestiais equivale a um celular pré-pago sem crédito.
4. Conselho dado não se olha a fonte.
5. Algumas vezes, para trazer a pessoa amada, basta uma bela conta bancária, ou uma Ferrari.
6. Não ando de bonde no Rio de Janeiro, nem sob a proteção de Santa Teresa.
7. No verão, quando chove forte no Rio de Janeiro, a cidade se transforma num rio de janeiro, de fevereiro e março. Quiçá até de abril!
8. Pelo volume de água que cai do céu em várias partes do mundo, fica difícil acreditar nas previsões de que estamos acabando com a água do planeta. Talvez só São Pedro acredite e esteja fazendo a reposição.
9. Toda a pretensa literatura de autoajuda ajuda mais o autor do que o leitor, o que vem justificar plenamente sua denominação.
10. Na Academia Brasileira de Letras, durante o chá das cinco, frequentemente morre um imortal.
11. Todo imortal da ABL, quando morre, comprova de modo irrefutável que o título lhe foi dado sem critério algum.
12. A se crer nas últimas previsões sobre o fim do mundo, comprova-se que todas elas são realmente incríveis.
13. O mundo já acabou vezes sem conta na previsão de milhares de videntes, tanto que, quando de fato acabar, não haverá vidente que conte.
14. Uma estrada esburacada que vá dar no nada é sempre melhor que uma asfaltada que te leve para a casa daquela sogra insuportável.
15. As ditaduras seguem a lei natural: depois de velhas, perdem o vigor e caem como qualquer órgão do corpo humano que vocês conhecem e cujo nome me abstenho de dizer.
16. Não há Viagra para ditaduras que perdem o vigor: todas elas acabam caindo inapelavelmente.
17. Roupa suja se lava na lavanderia.
18. Tudo o que eu sei ao certo é que tudo o que sei é muito incerto.
19. O Mausoléu que Sarney construiu para si em terras maranhenses é uma obra inútil: afinal ele não é imortal?
20. Cerveja dá barriga; carne vermelha, colesterol; doces, diabetes; cigarro dá câncer; álcool, cirrose. Será que não há nada de gostoso que dê saúde e vida longa?
21. Jacaré que vacila, diz o ditado, vira bolsa. Já o esperto arranja emprego na Lacoste.
22. Duvido que você duvide mais do que eu: eu duvido até das minhas dúvidas.

2 comentários:

  1. Rico não sei se tu ficas, Saint Clair, ao pensar estes pensamentos tão bem pensados mas, que os grandes mestres, vivos e passados, te aplaudiriam não tenho a menor dúvida.

    ResponderExcluir
  2. Assino em baixo o que o Paulo disse. Mas Sarney...

    ResponderExcluir