21 de junho de 2013

DE PRIMEIRA NECESSIDADE

o amor faz fronteira
com a dor
com a rima
com os desassossegos do coração

o amor está na prateleira dos supermercados
em temperos
e nos sonhos da mocinha do caixa

o amor está em promoção nas gôndolas
de frigoríficos
com preços de ocasião

vou comprar uns quilos a mais
e abastecer minha despensa
para quando o inverno chegar

Imagem em metalurgicagaviao.com.br. 

Um comentário:

  1. Não há amor como o primeiro! Dizem!
    Só superado pelos seguintes! Digo eu...

    ResponderExcluir